Topo da página

Pesquisa

Conteúdo do site

Coluna esquerda

Coluna do centro

A FUNCEME, em parceria com a Defesa Civil de Fortaleza, testa projeto piloto de Sistema de Observação de Tempo Severo.

 A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (FUNCEME), em parceria com a Defesa Civil de Fortaleza, testou durante o mês de abril, um projeto piloto denominado Sistema de Observação de Tempo Severo desenvolvido especialmente para o município de Fortaleza, com o apoio do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), pertencente ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).


Este sistema computacional permite, a partir da precipitação estimada por radares meteorológicos, localizar a ocorrência de chuva em tempo real, identificando sua relação com as áreas de risco da cidade, subsidiando as ações da Defesa Civil, inclusive no sentido preventivo, já que é possível acompanhar o deslocamento dos sistemas precipitantes, e saber as áreas da cidade nas quais a chuva irá ocorrer.

A parceria entre a FUNCEME e a Defesa Civil de Fortaleza não se restringiu ao desenvolvimento desta ferramenta, envolvendo também as fases de implantação, operacionalização e monitoramento. Durante o mês de abril, o trabalho conjunto entre os meteorologistas da FUNCEME e os agentes da Defesa Civil foi pautado por plantões de 24 horas.


Os resultados deste trabalho ainda estão sendo avaliados, contudo, esta ação conjugada, por si só, já se consolida de forma pioneira no País,  mostrando que a parceria entre as instituições que realizam o monitoramento e a previsão de tempo e a Defesa Civil deve ser a mais estreita possível, para que a comunicação seja plenamente realizada entre as partes. Ao longo deste projeto piloto, diversas ações preventivas da Defesa Civil foram orientadas diretamente pelo Sistema de Observação de Tempo Severo, o que deixa claro, que com este tipo de iniciativa quem ganha é a sociedade.

Este projeto piloto foi desenvolvido dentro das atividades do Experimento Meteorológico de Fortaleza. A campanha de coleta de dados integrante do Projeto Chuva (http://chuvaproject.cptec.inpe.br/portal/br/index.html) ocorreu durante todo o mês de abril, e é parte de um programa internacional conhecido como GPM (Global Precipitation Measurement), liderado pela NASA (National Aeronautics and Space Administration) e pela JAXA (Japan Aerospace Exploration Agency) e que visa expandir os conhecimentos dos processos nas nuvens para reduzir as incertezas na estimativa de precipitação, e conseqüentemente, melhorar o entendimento dos balanços de água e energia, e da própria microfísica da nuvem. Além da FUNCEME, o GPM-Brasil, que é a componente brasileira do programa, conta com a participação da Agência Espacial Brasileira (AEB), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), da Universidade de São Paulo (USP), do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), dentre outras instituições.

Coluna direita

Previsão para Fortaleza

 ◄◄  ◄  ►►  ► 
JULHO 2017
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Voltar ao topo da página

Rodapé da página

Avenida Rui Barbosa, 1246, Aldeota - Fortaleza/CE - CEP.: 60.115-221

Fone: (85) 3101.1088 - Fax: (85) 3101.1093 - Email: funceme@funceme.br

Copyright © 2014 - Governo do Estado do Ceará. Todos os direitos reservados